IPO da LinkedIn avalia empresa em mais de US$3 bilhões

segunda-feira, 9 de maio de 2011 10:01 BRT
 

BANGALORE, Índia (Reuters) - A LinkedIn Corp anunciou nesta segunda-feira que vai vender 7,84 milhões de ações em uma oferta pública inicial (IPO, em inglês) que avalia a companhia como valendo mais de 3 bilhões de dólares, segundo o preço máximo estimado na operação.

A companhia que controla a rede social de mesmo nome afirma ter cerca de 100 milhões de usuários no mundo e definiu o preço da oferta entre 32 e 35 dólares a ação.

A operação tem atraído significativo interesse dos investidores uma vez que a empresa é uma das primeiras companhias de rede social a iniciar o processo de abertura de capital e venda de ações antes do aguardado IPO do Facebook.

Na semana passada, a Renren, uma das maiores companhias de redes sociais da China, fez sua estreia em bolsa depois de um bem sucedido IPO.

A LinkedIn está oferecendo 4,8 milhões de ações e o restante está sendo vendido por um grupo de atuais acionistas da empresa.

As ações detidas pelo co-fundador e presidente do conselho da LinkedIn, Reid Hoffman, que está entre os acionistas vendendo papéis no IPO, representarão 21,7 por cento de poder de voto depois da oferta.

Entre outros importantes acionistas estão Goldman Sachs, McGraw-Hill Companies e Bain Capital Venture Integral Investors.

Sequoia Capital, Greylock Partners e Bessemer Venture Partners, outros grandes investidores do site e detentores de cerca de 40 por cento da companhia não vão participar do IPO.

Em janeiro, a LinkedIn deu entrada no mercado norte-americano para fazer um IPO e levantar até 175 milhões de dólares.   Continuação...