Briga do Yahoo com chinesa Alibaba se intensifica

sexta-feira, 13 de maio de 2011 17:35 BRT
 

Por Jennifer Saba e Jonathan Stempel

NOVA YORK (Reuters) - A batalha do Yahoo com o Grupo Alibaba se intensificou nesta sexta-feira conforme as duas empresas apresentaram depoimentos contrastantes acerca da transferência da maior parte dos ativos da companhia de Internet chinesa para seu presidente-executivo.

Analistas afirmam que a entrega do Alipay, um sistema de pagamento para comércio online similar ao PayPal do eBay, para o presidente-executivo Jack Ma reduziu o valor da fatia de 43 por cento do Alibaba detida pelo Yahoo. O Alibaba também opera a maior empresa de comércio online da China, a Alibaba.com.

O Yahoo afirmou que foi pego de surpresa pelo acordo, embora o Alibaba tenha replicado que o Yahoo estava ciente da transação por possuir um assento na diretoria da empresa chinesa, agora ocupado pelo ex-presidente executivo do Yahoo Jerry Yang, que também é um dos diretores do Yahoo.

As ações do Yahoo caíram cerca de 14 por cento desde que a companhia divulgou pela primeira vez a transferência em um documento ao governo após o fechamento do mercado na terça-feira.

O fato realça o tenso relacionamento entre Ma e Carol Bartz, presidente-executivo do Yahoo desde janeiro de 2009.

Bertz está sob pressão para aumentar a receita e trazer mais visitantes para o Yahoo, que atualmente perde mercado para concorrentes como o Google e o Facebook. A fatia no Alibaba é considerada um dos bens mais valiosos do Yahoo.

As ações do Yahoo encerraram a sessão com queda de 3,6 por cento na Nasdaq.