Nokia abandona marca de serviços Ovi

segunda-feira, 16 de maio de 2011 09:46 BRT
 

PARIS (Reuters) - A nova administração da Nokia vai desistir da marca de serviços Ovi em favor do nome da companhia em todas as suas ofertas, afirmou a maior fabricante de celulares do mundo, nesta segunda-feira.

A Nokia lançou a marca em agosto de 2007 para serviços como mapas e músicas em um grande evento realizado em Londres, no momento em que a companhia dominava a indústria de telecomunicações móveis, com uma fatia de mercado de cerca de 40 por cento das vendas de celulares.

"Esta decisão desmantela a marca dedicada a serviços Ovi que foi um ponto central da estratégia da antiga administração da Nokia", disse Ben Wood, diretor de pesquisa da consultoria britânica CCS Insight.

A marca Ovi, que significa "porta" em finlandês, foi a ponta de lança da corrida da Nokia em direção a serviços móveis, uma estratégia do ex-presidente-executivo, Olli-Pekka Kallasvuo.

A Nokia reduziu uma série de serviços Ovi no último ano e está concentrada principalmente em ofertas vinculadas à localização por satélite dos usuários.

A companhia informou que vai começar a trocar a marca Ovi de seus serviços a partir de julho.

"As razões para esta decisão incluem o fato de que a Nokia é uma marca já bem conhecida e apreciada no mundo. Nossas experiências móveis são altamente integradas com nossos aparelhos, não há mais uma diferenciação", afirmou o diretor de marketing da Nokia, Jerri deVard.

O valor da marca da Nokia caiu 28 por cento no ano passado, para 10,7 bilhões de dólares, segundo a agência Millward Brown.