Intel mira Apple em planos para futuros chips

quarta-feira, 18 de maio de 2011 15:06 BRT
 

Por Noel Randewich e Poornima Gupta

NOVA YORK (Reuters) - Produtos que lançaram tendências fabricados pela Apple representam um fator importante nos planos da Intel de lançar novos processadores, afirmou Tom Kilroy, vice-presidente sênior da fabricante de chips.

Durante o Reuters Global Technology Summit, em Nova York, nesta quarta-feira, Kilroy disse que o grande sucesso do iPad e de outros produtos da Apple moldaram a forma como a Intel vê os aparelhos do futuro e os chips que irão movê-los.

"Trabalhamos bem próximos a eles e estamos constantemente buscando o que podemos fazer em relação aos produtos do futuro. Eu iria longe, a ponto de dizer que a Apple nos ajuda a estabelecer nosso cronograma futuro", disse Kilroy.

A Apple projetou seus próprios processadores para o iPhone e o iPad, usando tecnologia licenciada da britânica ARM, amplamente usada no mercado de aparelhos móveis.

Mas, em sua linha de computadores MacBook, que estabelece padrões para outras fabricantes, a Apple usa chips da Intel. Kilroy negou insinuações de que processadores da ARM poderiam, no fim, tirar o lugar da Intel no segmento desses computadores.

"Olhe a performance dessas plataformas. Elas usam as últimas e mais potentes versões de núcleos de segunda geração, e a ARM não chega nem perto da nossa capacidade nesse segmento", disse ele.

Kilroy não confirmou especificamente se a Intel possui garantias de que terá um lugar nos MacBooks do futuro, dizendo que esse tipo de anúncio é uma decisão da Apple.

A inclusão de componentes de uma fornecedora em um produto da Apple é vista como um grande feito, dada a reputação da companhia, ligada a qualidade e inovação. O grande volume de vendas de produtos da Apple também implica em maior receita para quem fornece componentes.