19 de Maio de 2011 / às 17:42 / em 6 anos

Amazon.com diz que venda de e-books supera livros de papel

Passageiro lê seu leitor eletrônico Kindle à espera do metrô nos Estados Unidos, em março de 2011. A Amazon.com afirmou que já vende mais livros digitais do que de papel. 18/03/2011Brian Snyder

NOVA YORK (Reuters) - A Amazon.com afirmou nesta quinta-feira que já vende mais livros digitais do que de papel e disse que a nova versão mais barata do leitor eletrônico da varejista online está superando as vendas de outras versões do aparelho.

A Amazon não divulgou os dados exatos de venda do Kindle e dos livros digitais, mas afirmou que para cada 100 livros impressos vendidos desde 1o de abril, 105 livros digitais foram comercializados. A estatística inclui volumes de capa mole e de capa dura e exclui downloads gratuitos.

No mês passado, a Amazon lançou um novo Kindle por 114 dólares, 25 dólares mais barato que a versão seguinte mais cara. A nova versão do aparelho exibe publicidade.

O Kindle compete em vendas de livros digitais com o Nook, da Barnes & Noble e o iPad, da Apple. O Kindle foi lançado em 2007 e é até agora o aparelho feito especificamente para a leitura de livros que obteve as melhores vendas.

A Barnes & Noble organizará um evento na terça-feira da semana que vem em Nova York para apresentar seu novo leitor eletrônico. No mês passado, a Barnes & Noble revelou melhorias feitas em seu Nook Color.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below