Cerca de 4% dos adolescentes nos EUA são viciados em Internet

sexta-feira, 20 de maio de 2011 18:49 BRT
 

NOVA YORK (Reuters Life!) - Um em cada 25 adolescentes nos Estados Unidos relatou uma "necessidade irresistível" de estar conectado à Internet, sentimentos de tensão quando não estava online ou afirmou que tentou parar de acessar ou diminuir o tempo que passa na Web, de acordo com um estudo norte-americano.

A pesquisa com mais de 3.500 estudantes do colegial no Estado de Connecticut também revelou que adolescentes com "uso problemático da Internet" estão mais propensos que seus colegas a ficarem deprimidos ou agressivos e a usarem drogas.

Mas o líder da pesquisa, Timothy Liu, da Universidade de Yale, e seus colegas dizem que não poderiam provar uma conexão direta de "causa e efeito" entre os hábitos na Internet, a depressão e o uso de drogas.

"O uso problemático da Internet pode estar presente em cerca de 4 por cento dos colegiais dos EUA", escreveram os autores do estudo em um jornal de psicologia clínica.

"Ela (Web) pode estar associada à depressão, ao uso de substâncias ilícitas e comportamentos agressivos. Garotos do colegial, no entanto, podem fazer uso mais frequente da Internet e estar menos conscientes dos problemas relacionados a isso."

O estudo consultou estudantes de 10 escolas diferentes em Connecticut, fazendo mais de 150 questões sobre saúde, comportamentos de risco e impulsividade --incluindo sete questões sobre uso da Internet.