Astronautas do ônibus espacial Endeavour fazem nova caminhada

quarta-feira, 25 de maio de 2011 10:54 BRT
 

Por Irene Klotz

CABO CANAVERAL, Flórida (Reuters) - Os astronautas mais experientes do ônibus espacial Endeavour saíram novamente da Estação Espacial Internacional nesta quarta-feira para ampliar o alcance do guindaste robotizado da estação e reforçar os cabos de energia.

"Nossa, é ótimo estar de volta aqui fora", disse o astronauta Mike Fincke ao deixar a cabine pressurizada da estação, pouco antes das 3h da madrugada (horário de Brasília), para começar sua oitava caminhada espacial.

"O planeta mais bonito do universo", acrescentou, admirando o azul do planeta Terral a 355 quilômetros de distância.

"Bela vista, não é?", respondeu o astronauta Drew Feustel, que lidera a missão.

O principal objetivo da caminhada, a terceira das quatro previstas durante a missão do ônibus espacial Endeavour, era anexar um dispositivo para que o guindaste robotizado da estação possa ser transferido para o lado russo do complexo de 100 bilhões de dólares.

Os astronautas também instalaram fiação para dar aos módulos russos acesso à energia produzida nos painéis solares das asas norte-americanas. Os astronautas completaram a operação após quase sete horas.

Antes da atividade, Feustel e Fincke testaram um método alternativo para eliminar o nitrogênio de suas correntes sanguíneas, processo necessário para prevenir contra doença de descompressão.

Eles passaram 50 minutos realizando exercícios leves para acelerar o metabolismo, que reduz o tempo necessário para respirar oxigênio puro antes de sair da estação, para trabalhar no vácuo do espaço. O novo protocolo também elimina a necessidade de os astronautas acamparem do lado de fora, em um ambiente de menor pressão da cabine, na noite antes da excursão.   Continuação...

 
Mike Fincke, astronauta do ônibus espacial Endeavour, trabalha fora da Estação Espacial Internacional com o planeta Terra ao fundo. 25/05/2011 REUTERS/NASA TV/Divulgação