Google lança serviço de carteira eletrônica nos EUA

quinta-feira, 26 de maio de 2011 13:59 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - O Google e quatro bancos e parceiros do setor de telecomunicações revelaram nesta quinta-feira o serviço "Google Wallet", levando consumidores norte-americanos um passo mais próximo de pagarem compras com o celular.

O sistema do Google que permite que as pessoas paguem compras com celulares, em vez de cartões, espera ganhar vantagem sobre grandes rivais que incluem Visa, importantes bancos dos Estados Unidos e operadoras de telefonia.

Google, Mastercard, Citigroup, First Data e Sprint tornarão o serviço disponível no segundo semestre para usuários em Nova York e San Francisco, afirmou o Google nesta quinta-feira.

Desenhado como um aplicativo para celulares Android, o serviço pega carona na tecnologia "PayPass" da Mastercard. O Google atraiu interesse de redes de varejo norte-americanas como Macy's, American Eagle Outfitters e Subway para unir o serviço com programas de fidelidade e ofertas de desconto.

Consumidores fora dos EUA, especialmente na Ásia, podem pagar por produtos passando seus celulares por um leitor no caixa. Estima-se que um quinto das pessoas no Japão utilizem serviços de pagamento móvel. Nos EUA, carteiras eletrônicas ainda enfrentam obstáculos, mas, desde o ano passado, algumas grandes companhias têm acelerado passo para tornar a tecnologia uma realidade.

Detentores de cartões Citigroup Mastercard com tecnologia PayPass vão poder aproveitar o serviço primeiro. O Google também planeja vender um cartão virtual pré-pago.

A Visa tem testado um sistema de pagamento com celular junto a vários bancos grandes, incluindo Bank of America e Wells Fargo. A empresa tem planos de tornar seu sistema de pagamentos móveis comercialmente viável este ano.

(Por Maria Aspan e Jennifer Saba)