Microsoft não está atrasada para festa dos tablets, diz Citi

sexta-feira, 27 de maio de 2011 11:56 BRT
 

BANGALORE, Índia (Reuters) - A Microsoft não está atrasada demais para a festa dos tablets. E com seu sistema operacional Next mais próximo do que a maioria dos observadores acredita, a produtora de software poderia conquistar participação de mercado significativa em 2013 e mais adiante, afirmou o Citigroup.

A Microsoft pode lançar uma versão do Next otimizada para tablets antes de lançá-la para computadores pessoais, informou a corretora em nota a clientes.

Os analistas do Citigroup esperam que a versão beta do sistema operacional esteja disponível em setembro, e que ele comece a ser distribuído entre janeiro de 2012 e março de 2013.

No entanto, o Citigroup não está convencido de que o produto será um imenso sucesso, e acrescenta que o sentimento entre a maioria esmagadora dos investidores é o de que o Windows Next não melhorará a posição da Microsoft no mercado de bens eletrônicos de consumo.

As vendas de computadores pessoais estão em queda nos últimos três trimestres, enquanto as de celulares inteligentes e tablets registraram forte aceleração.

A Apple embarcou cerca de 15 milhões de iPads em 2010, respondendo por quase todo o mercado de tablets, informou o Citigroup.

Os analistas afirmam que o mercado de tablets tem potencial de significativa expansão este ano, com o lançamento do iPad 2 em março e a chegada de uma série de modelos acionados pelo sistema operacional Google Android 3.0, conhecido como Honeycomb.

"A Microsoft pode conquistar participação de mercado significativa, em 2013 e mais além. É claro que isso depende de sua capacidade de criar um sistema operacional competitivo para o hardware de parceiros vendido a preços também competitivos", afirmou o Citigroup.

A Microsoft teria vantagem no mercado empresarial caso o uso de tablets ganhe força entre as empresas, já que esses clientes estão acostumados a aparelhos acionados pelo Windows.

O elemento decisivo para a empresa será a interface, e a Microsoft precisa ao menos se equiparar à Apple, quanto a isso.

Os analistas dizem que tanto Google quanto Microsoft disputarão a atenção dos mesmos fabricantes, como HTC, Samsung Electronics, Dell, Lenovo Group, LG Electronics, Sony, Acer e Asustek Computer.