Presidente do Google diz que a empresa tem disciplina financeira

sexta-feira, 3 de junho de 2011 17:16 BRT
 

Por Alexei Oreskovic e Noel Randewich

CALIFÓRNIA/SAN FRANCISCO (Reuters) - O Google gasta seu dinheiro com prudência mesmo apostando em projetos "especulativos" como carros que se dirigem sozinhos, afirmou o presidente-executivo Larry Page em seu pronunciamento mais longo desde que assumiu o cargo, há dois meses.

"Somos muito cuidadosos com o dinheiro de acionistas", disse Page no encontro anual de acionistas da empresa na quinta-feira. "Nós começamos, lembrem-se, como uma empresa de garagem, e somos muito cuidadosos com nossos gastos", disse.

Os investimentos do Google têm sido o foco de investidores que se preocupam que eles possam reduzir as margens de lucro da empresa. Page, que co-fundou o Google quando era universitário há mais de uma década, tinha a reputação de defender projetos ambiciosos com retornos incertos, como a digitalização de livros de bibliotecas.

A performance da ação do Google ficou abaixo da do mercado em 2010 e acumula queda de quase 16 por cento desde que a companhia afirmou em janeiro que Page substituiria Eric Schmidt como presidente-executivo.

Page irritou investidores novamente ao fazer sua estreia no cargo em abril e falar por apenas alguns minutos antes de sair de uma teleconferência sobre os resultados trimestrais da companhia.

Falando para acionistas na sede do Google na quinta-feira, Page deu um relatório positivo sobre o progresso de vários negócios do Google, como os smartphones com o sistema Android.

Ele disse que a companhia alcançou uma série de metas desde a mudança administrativa que o colocou no cargo, particularmente em termos da aceleração do ritmo das operações da companhia.

Em referência aos recentes ataques a contas de usuários do Gmail revelado pela empresa na quarta-feira, Page afirmou que o incidente não resultou de uma falha de segurança do Google, mas do roubo de senhas. E disse que a tecnologia de computação em nuvem na qual o Google se baseia ajudou a empresa a detectar os ataques e ajudaria a empresa a melhorar sua segurança.