6 de Junho de 2011 / às 19:53 / em 6 anos

Steve Jobs divulga o serviço iCloud em evento da Apple

Steve Jobs fala sobre o serviço iCloud em evento da Apple em San Francisco, Califórnia. 06/06/2011 REUTERS/Beck Diefenbach

Por Poornima Gupta e Noel Randewich

SAN FRANCISCO (Reuters) - O presidente-executivo da Apple, Steve Jobs, subiu ao palco de um evento da empresa nesta segunda-feira para divulgar o iCloud, serviço de streaming de música.

A empresa espera que o iCloud dê força a seu próximo estágio de crescimento e popularize serviços de consumo baseados na Internet.

Com aparência magra, Jobs foi ovacionado por uma platéia de mais de 5 mil pessoas que ficaram de pé para aplaudi-lo na conferência em San Francisco, e fez alguns comentários antes de dar lugar ao diretor de marketing Phil Schiller.

As ações da Apple subiram 0,3 por cento após a última aparição de Jobs no Moscone Center em San Francisco.

O presidente-executivo da Apple, em meio a sua licença médica, apareceu para divulgar um novo serviço baseado na Internet chamado iCloud, que permite a usuários ouvir suas músicas e acessar seus dados de qualquer aparelho da Apple --uma função crucial para usuários cada vez mais acostumados a realizar uma grande variedade de tarefas em movimento.

“Foi bom vê-lo aparecer, apesar de sua licença médica”, disse o analista Shaw Wu, da Sterne Agee. “E, ao mesmo tempo, parece que ele está deixando seus colegas da Apple apresentarem a maior parte do evento, o que é bom, por mostrar que a Apple é uma equipe e não um show de um único homem”.

SERVIÇOS NA NUVEM

A expansão da Apple para a computação em nuvem marca o empenho da empresa em estar um passo à frente das rivais como o Google e a Amazon.com no segmento de conteúdo online e em dispositivos móveis.

Jobs disse que usuários poderão compartilhar compras de livros, músicas e dados em geral como itens de calendário, em diferentes aparelhos, enquanto salvam as informações e atualizam-nas regularmente.

A Apple também mostrou atualizações de software na conferência, incluindo novidades para o Lion, seu sistema operacional para os computadores com o sistema Mac OS X, e a próxima versão de seu sistema operacional para aparelhos móveis.

Entre novos recursos apresentados pelos executivos estão uma infraestrutura melhorada para e-mails e recursos de multitoque para o sistema operacional Macintosh. Impressões iniciais de especialistas que assistiam à apresentação foram favoráveis.

A decisão de Jobs de aparecer em tais eventos é uma novidade por si só, e sua presença no evento desta segunda-feira deve animar investidores preocupados com a saúde do executivo, que sobreviveu a um câncer no pâncreas e recebeu sua terceira licença médica em janeiro por motivos não revelados.

As ações da Apple caíam 1,39 por cento às 16h48. Tradicionalmente, a ação sobe antes de um grande evento antes de cair no próprio dia.

“A Apple mandou telegramas antecipadamente dizendo o que anunciaria e que Steve Jobs apareceria”, disse Daniel Ernst, da Hudson Square Research, “É bastante tedioso, o que, para a Apple, é ruim. Tudo foi bem, mas as pessoas sempre esperam que eles façam algo surpreendente, infelizmente”.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below