Hackers dizem ter invadido rede da Sony mais uma vez

segunda-feira, 6 de junho de 2011 20:09 BRT
 

Por Diane Bartz

WASHINGTON (Reuters) - Hackers do grupo Lulz Security afirmaram nesta segunda-feira terem invadido novamente os sistemas da Sony e postado os resultados na Internet.

O grupo, que assumiu a responsabilidade por um ataque anterior à Sony, postou o que parecem ser os mapas das redes da Sony BMG em um escritório em Nova York e o que eles afirmam ser 54 megabytes de código fonte de desenvolvimento da Sony.

"Estamos analisando essas alegações", disse Jim Kennedy, porta-voz da Sony Pictures Entertainment em um e-mail.

Na semana passada, o grupo afirmou ter invadido a rede da Sony e acessado informações de mais de 1 milhão de clientes para mostrar a vulnerabilidade dos sistemas da companhia. Nesse ataque, o grupo de hackers, que conseguiu se manter anônimo, publicou nomes, datas de nascimento e senhas de pessoas que participaram de concursos promovidos pela Sony.

Em 26 de abril, a Sony alertou que hackers haviam roubado informações pessoais de 77 milhões de contas de usuários de sua rede. Em 19 de abril, a Sony desativou a PlayStation Network após descobrir a invasão.

Na semana passada, o Lulz Security assumiu responsabilidade por um ataque a um escritório do InfraGard em Atlanta, centro de comunicação usado pelo FBI para manter contato com empresas privadas.