Polícia turca prende membros do grupo do Anonymous, diz agência

segunda-feira, 13 de junho de 2011 15:11 BRT
 

ISTAMBUL/MADRI (Reuters) - A polícia da Turquia deteve 32 membros do grupo ciberativista Anonymous sob suspeita de planejar ataques contra uma série de websites, reportou a agência de notícias estatal turca Anatolian.

A detenção veio em resposta a uma queixa da autoridade das telecomunicações da Turquia, cujo site foi derrubado na quinta-feira como parte de um protesto do Anonymous contra o que o grupo chama de censura do governo sobre a Internet.

O partido que atualmente governa a Turquia, o AK Party, venceu uma votação parlamentar no domingo e pretende inaugurar um novo sistema de filtragem de conteúdo na Internet em agosto. Com ele, usuários terão que escolher um dos quatro filtros ao acessar a Web --doméstico, familiar, para crianças ou normal.

O Anonymous, um grupo ativista libertário que atacou muitos sites, incluindo o da Amazon e o da Mastercard em nome da liberdade na Internet, afirmou que o sistema permitirá que se monitore a atividade das pessoas na rede.

Oito dos 32 suspeitos de ciberativismo detidos no domingo são menores de idade, afirmou a Anatolian.

A operação policial na Turquia ocorre após a detenção de três pessoas na Espanha na sexta-feira sob suspeita de organizar ciberataques contra os sites da Sony, de bancos e governos.

(Reportagem de Ece Toksabay em Istanbul e Nigel Davies em Madri)