Acordo sobre patentes com Apple é vitória rara para a Nokia

terça-feira, 14 de junho de 2011 13:44 BRT
 

Por Tarmo Virki

HELSINQUE (Reuters) - A Nokia conseguiu uma rara vitória contra a rival Apple ao acertar um acordo que encerra uma antiga disputa sobre patentes da companhia finlandesa. O acordo ainda vai impulsionar os resultados da Nokia no segundo trimestre, depois que a empresa alertou no final de maio que não conseguiria cumprir suas metas.

As ações da Nokia chegaram a subir 3 por cento depois que analistas receberam a notícia positivamente e afirmaram que isso ajudará a Nokia a se concentrar em seu negócio principal em um período no qual enfrenta sérios desafios.

"São as primeiras notícias positivas vindas da Nokia em muito tempo. As duas empresas podem agora se concentrar nos seus negócios, e a disputa foi resolvida em favor da Nokia", disse Mikael Rautanen, analista da Inderes, em Helsinque.

Os analistas afirmaram que a Nokia deve passar a receber de 1 a 2 por cento da receita do iPhone, calculada como em torno de 43 bilhões de dólares este ano, de acordo com uma pesquisa da Reuters.

Os números demonstram que embora a Nokia possa ter conquistado uma vitória judicial, ainda enfrenta tarefa dura para recuperar o atraso no extremo mais sofisticado do mercado de celulares inteligentes, onde ficou para trás da Apple e dos celulares equipados com o sistema operacional Google Android.

Apple e Nokia estavam envolvidas em uma disputa judicial desde outubro de 2009, quando a Nokia abriu processo contra a Apple nos Estados Unidos alegando que a companhia estava "pegando carona" em tecnologias patenteadas pelo grupo finlandês.

"A estrutura do acordo, um pagamento inicial e mais royalties regulares, sugere um bom resultado para a Nokia", disse Florian Mueller, especialista independente que mantém um blog sobre disputas de patentes.

"Talvez a Nokia pudesse ter continuado a jogar duro, e obtivesse acordo ainda melhor, se não estivesse enfrentando os desafios que sem dúvida enfrenta. Mas ainda assim, parece ter obtido uma vitória bastante importante", disse Mueller.   Continuação...

 
Homem observa celulares da Nokia em um showroom no Sri Lanka. 23/05/2011 REUTERS/Dinuka Liyanawatte