Panasonic estima lucro anual 11% menor por efeitos do terremoto

segunda-feira, 20 de junho de 2011 08:54 BRT
 

TÓQUIO (Reuters) - A Panasonic informou nesta segunda-feira que prevê uma queda de 11 por cento no lucro operacional do ano fiscal que termina em março de 2012, para 270 bilhões de ienes (3,4 bilhões de dólares), após o terremoto e tsunami no Japão, em março, afetarem a produção e as vendas da empresa.

Como muitas de suas rivais, a Panasonic tardou a divulgar sua previsão de lucro por ter pouca clareza quanto aos efeitos do desastre.

O consenso de mercado era de lucro de 262,6 bilhões de ienes, segundo a média de 21 estimativas obtidas pela Thomson Reuters I/B/E/S.

A companhia japonesa teve lucro de 305 bilhões de ienes no ano passado, e afirmou em abril que o montante poderia ser elevado a 310 bilhões de ienes no atual ano fiscal, se não houvesse efeitos do terremoto, que destruiu fábricas e comprimiu a demanda doméstica.

A Panasonic é a quarta maior fabricante mundial de televisores de tela plana em termos de receita, atrás de Samsung Electronics, LG Electronics e Sony, segundo a empresa de pesquisas DisplaySearch.

A empresa também anunciou em abril que planejava eliminar 17 mil empregos e que poderia fechar até 70 fábricas em todo o mundo nos próximos dois anos, para reduzir custos e se livrar de sobreposições após adquirir a Sanyo Electric e a Panasonic Electric Works.