Icann aprova fim de restrições a nomes de domínio na Internet

segunda-feira, 20 de junho de 2011 10:46 BRT
 

Por Raju Gopalakrishnan

CINGAPURA (Reuters) - comida.boa, aprenda.salsa, batom.cintilante. Pessoas e empresas poderão registrar sites com quase qualquer endereço a partir do final do ano que vem, desde que tenham justificativa legítima para solicitar o domínio e se disponham a pagar preços salgados.

A organização que controla os nomes de domínio da Internet votou nesta segunda-feira pela eliminação das regras que os restringem a sufixos como .com ou .gov, e pretende receber solicitações para nomes novos a partir de 12 de janeiro do ano que vem. As aprovações iniciais devem ocorrer no final de 2012.

Os endereços poderão utilizar quaisquer alfabetos --cirílico, kanji ou devaganari, por exemplo-- para que as pessoas escrevam em russo, japonês e hindi.

"Acredito que seja a maior mudança que já vimos na Internet," disse Peter Dengate Thrush, presidente da Internet Corporation for Assigned Names and Numbers (Icann), a jornalistas. "Estamos criando uma plataforma para a próxima geração de criatividade e inspiração," acrescentou.

O novo programa para domínios superiores genéricos, ou gTLD, foi aprovado por 13 votos a um, com duas abstenções, pelo conselho da Icann, durante uma reunião em Cingapura.

A única oposição veio de um integrante que acreditava que mais tempo seria necessário para conduzir negociações com governos e outras partes, informou a Icann.

Os novos nomes podem incomodar organizações sociais e religiosas, disse Dengate Thrush, caso alguém resolvesse criar, por exemplo, o domínio .nazi.

Segundo ele, as pessoas que investiram no registro de nomes .com lucrativos verão o valor de seus ativos diluído pelas novas regras.   Continuação...