Twitter tem segurança inferior a outros sites--especialistas

sexta-feira, 8 de julho de 2011 10:17 BRT
 

Por Jim Finkle e Roy Strom

BOSTON/NOVA YORK (Reuters) - O site de microblogs Twitter está disponibilizando menos ferramentas para auxiliar na segurança de contas de usuários do que outros serviços da Internet, disseram especialistas em segurança.

A fraca segurança do Twitter se tornou aparente no feriado de independência dos Estados Unidos, em 4 de julho, quando um hacker desconhecido enviou mensagens falsas na página do Twitter da Fox News afirmando que o presidente Barack Obama havia morrido.

O Serviço Secreto, responsável pela segurança do presidente, está investigando o assunto. A Fox News disse não ter certeza como o hacker obteve o controle de sua conta, mas reclamou que o Twitter precisou de mais de cinco horas para devolver o controle à Fox.

"O que o Twitter precisa fazer agora é se comprometer com uma revisão completa de suas práticas de segurança", disse Daniel Diermeier, professor da Kellogg School of Management da Universidade de Northwestern.

Especialistas dizem que o ataque poderia ter sido evitado se o Twitter oferecesse tecnologia de dupla autenticação para dar segurança às contas.

Em sistemas de dupla autenticação, um usuário precisa fornecer um segundo código, além da senha fixa, para acessar sua conta. O código muda em torno de cada minuto e é enviado para um telefone ou outro aparelho eletrônico.

O Google e o Facebook já oferecem a dupla autenticação para confirmar a identidade de usuários.

Especialistas em segurança disseram que o Twitter pode ser pressionado em breve para fazer o mesmo, particularmente por usuários influentes como políticos, grandes empresas e pela imprensa.