Wikileaks faz queixa formal contra Visa e MasterCard

quinta-feira, 14 de julho de 2011 17:11 BRT
 

LONDRES (Reuters) - O Wikileaks e a companhia islandesa de tecnologia da informação DataCell fizeram uma queixa formal junto à Comissão Europeia nesta quinta-feira afirmando que a Visa Europe e a MasterCard violaram leis antitruste da União Europeia (UE) ao bloquear doações para o site.

A Visa Europe, que opera a maior rede de processamento de cartões de crédito e débito na UE, e a MasterCard, impediram o Wikileaks de usar sua rede para coletar fundos de doadores em dezembro de 2010.

A queixa, feita junto à Diretoria Geral de Competição da Comissão Europeia, afirma que Visa e a MasterCard violaram disposições antitruste descritas nos artigos 101 e 102 do Tratado da UE.

A DataCell, que tem um acordo para coletar doações de cartões de crédito em nome do WiliKeals, disse que as gigantes de processamento de pagamentos adotaram um comportamento anti-competitivo e abusaram de sua posição dominante no mercado.

O WikiLeaks, liderado pelo australiano Julian Assange, exige que a Comissão Europeia ordene que ambas as companhias de cartões de crédito interrompam sua proibição e que a atitude tenha "efeito imediato".

(Por Stephen Mangan)