CEO da Dow Jones, braço-direito de Murdoch, pede demissão

sexta-feira, 15 de julho de 2011 18:36 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - Les Hinton, chefe-executivo da agência de notícias financeiras de Rupert Murdoch, a Dow Jones, pediu demissão após se tornar um dos alvos principais das críticas pelo escândalo de grampos telefônicos no tablóide News of the World, ocorrido quando ele era o responsável pelos jornais britânicos da News Corp, informou a companhia.

A News Corp é dona da Dow Jones e do Wall Street Journal, além de outros veículos de comunicação. A empresa está no centro de um furacão na Grã-Bretanha e nos EUA sobre as escutas telefônicas realizadas pelo News of the World.

A indignação popular com a revelação de que o tablóide havia grampeado caixas postais telefônicas de vítimas de homicídios e de outras personalidades levou Murdoch a fechar a publicação e a desistir de uma oferta de 12 bilhões de dólares para adquirir ações que ele ainda não possui da operadora de TV paga BSkyB.

(Reportagem de Paul Thomasch)