Setor de serviços da IBM impulsiona resultado do 2o tri

segunda-feira, 18 de julho de 2011 19:06 BRT
 

Por Jim Finkle

BOSTON (Reuters) - A IBM afirmou que o volume de contratos de sua nova divisão de serviços registrou forte alta no segundo trimestre, superando as expectativas de Wall Street e sinalizando que o mercado corporativo ainda está fazendo gastos significativos com tecnologia.

A companhia também elevou sua previsão de lucro anual após os resultados do segundo trimestre superarem as projeções de analistas.

A IBM informou nesta segunda-feira que o valor de seus contratos fechados no segundo trimestre subiu 16 por cento na comparação anual, para 14,3 bilhões de dólares, aliviando preocupações de investidores que surgiram quando o indicador, que é observado de perto, recuou no primeiro trimestre.

O Deutsche Bank disse em relatório que o consenso de Wall Street apontava para um volume de contratos de 12 bilhões a 13 bilhões de dólares.

Investidores acreditam que os contratos são um importante indicador de lucros futuros. Mas a IBM disse que o foco deve se voltar mais para a carteira total de negócios, que cresceu 15 bilhões de dólares no trimestre, para 144 bilhões de dólares.

"Um bom volume de contratos de serviços reflete que eles estão captando uma fatia dos sólidos gastos com tecnologia da informação (TI) vistos no mercado no momento", disse o analista Josh Olson, da Edward Jones.

"Os gastos em TI e a demanda por softwares e serviços permanecem saudáveis apesar de toda essa reviravolta na economia, e as empresas continuam a investir em eficiência. Vemos isso nos resultados (da IBM)."

Excluindo itens extraordinários, a IBM reportou lucro de 3,09 dólares por ação no segundo semestre, superando a previsão de 3,03 dólares por ação, segundo a Thomson Reuters I/B/E/S.   Continuação...