Resultado trimestral da Apple deve agradar investidores

terça-feira, 19 de julho de 2011 12:46 BRT
 

Por Poornima Gupta

SAN FRANCISCO (Reuters) - A Apple deve registrar mais um trimestre deslumbrante na terça-feira, com ajuda da forte demanda pelo seu sempre bem-sucedido iPhone e pelo novo e esguio computador tablet iPad 2.

As ações da Apple subiram em 2,5 por cento na segunda-feira e fecharam na marca recorde de 373,80 dólares, diante da expectativa de que a companhia supere as projeções dos analistas para o terceiro trimestre de seu ano fiscal, que viu o alívio em problemas de fornecimentos que afetavam o iPad 2.

A ação, que bateu de novo seu recorde de alta na manhã desta terça-feira, quando chegou a ser vendida a 374,65 dólares, parece ter emergido do limbo em que se encontrava desde que Steve Jobs, o presidente-executivo da empresa, entrou em licença em janeiro por motivos médicos não especificados.

Os estrategistas de derivativos da JPMorgan Securities na segunda-feira recomendaram a compra de opções de ações da Apple para agosto a 365 dólares, antecipando uma possível reação positiva ao anúncio de resultados trimestrais. O mercado de opções está indicando alta ou baixa da ordem de dois por cento para as ações da Apple.

Os investidores antecipam um aumento de 60 por cento na receita da empresa no trimestre, mas as expectativas se voltam ao segundo semestre de 2011. Wall Street aposta que este será um período excepcional porque pode incluir o lançamento de um novo modelo de iPhone, o produto mais vendido da empresa e responsável por 40 por cento de seu faturamento.

"Estamos mais positivos quanto à perspectiva de aceleração da ação no segundo semestre, porque é razoável esperar renovação múltipla na linha de modelos, combinada à demanda da volta às aulas e da temporada de festas", disse Collin Gillis, analista do BCG, que elevou sua projeção de preço para a ação da Apple de 390 a 430 dólares.

A maior companhia mundial de tecnologia por valor de mercado é muito conservadora em suas projeções. Os investidores analisarão os comentários dos executivos para estimar em que medida o muito aguardado modelo novo do iPhone elevará a receita.

É provável que a Apple tenha vendido entre 17 milhões e 18 milhões de iPhones no trimestre, bem como oito milhões de iPads, de acordo com os analistas, que também antecipam que a queda nos preços dos componentes pode elevar as margens brutas a até 41 por cento.

A expectativa é que a Apple registre lucro de 5,84 dólares por ação sobre faturamento de 24,9 bilhões, de acordo com a Thomson Reuters I/B/E/S. A Apple superou as projeções de Wall Street nos 13 últimos trimestres.

De acordo com a SmartEstimate, da StarMine, que confere peso maior às projeções dos principais analistas, a Apple deve anunciar lucro de 6,006 dólares por ação e faturamento de 25,3 bilhões de dólares.