Claro tem receita de R$ 3,1 bi no 2o trimestre, alta de 3,7%

quarta-feira, 20 de julho de 2011 19:33 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Claro, subsidiária brasileira da companhia mexicana de telecomunicações América Móvil, teve receita de 3,1 bilhões de reais no segundo trimestre, alta de 3,7 por cento frente ao mesmo período do ano passado.

A companhia conquistou 2,1 milhões de novos assinantes no período, encerrando junho com 55,5 milhões de clientes, de acordo com relatório disponível no site da Bolsa de Valores do México nesta quarta-feira.

A alta do faturamento foi impulsionada "pela expansão das receitas de serviço, de 6,2 por cento (descontando 3,7 por cento de comissões pagas a distribuidores), apesar da diminuição nos preços de minutos por voz", segundo a companhia.

A Claro é a segunda maior operadora de telefonia móvel do país, mas tem visto a terceira colocada, a TIM Participações, encostar em participação de mercado.

Segundo informações da consultoria Teleco, atribuídas a dados preliminares da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), as duas encerraram junho empatadas com 25,5 por cento de market share.

Somando as operações de linha fixa da América Móvil no Brasil, a receita no segundo trimestre chegou a 5,7 bilhões de reais, avanço de 8,8 por cento sobre um ano antes.

O Ebtida (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação) total da América Móvil no Brasil foi de 1,6 bilhão de reais no segundo trimestre, alta de 3,7 por cento na comparação anual.

(Por Sérgio Spagnuolo)