Lucro e aumento de assinantes da AT&T superam expectativas

quinta-feira, 21 de julho de 2011 16:18 BRT
 

Por Sinead Carew

NOVA YORK (Reuters) - A AT&T registrou crescimento acima do esperado em sua base de assinantes no segundo trimestre, elevando lucros e vendas para além das estimativas do mercado, mesmo com a perda dos direitos de venda exclusiva do iPhone, da Apple, nos Estados Unidos.

A segunda maior operadora dos EUA, que está aguardando aprovação para adquirir a T-Mobile USA por 39 bilhões de dólares, obteve 331 mil assinantes no trimestre, bem acima da expectativa de 91 mil assinantes de sete analistas contatados pela Reuters.

A ação da AT&T subia 0,43 por cento às 16h14 horas nesta quinta-feira.

No entanto, os fortes resultados da empresa podem ser ofuscados pelos temores de investidores quanto à crescente oposição ao plano da AT&T de comprar a T-Mobile USA, disse o analista Michael Nelson, da Mizuho.

Os resultados foram divulgados um dia antes de a rival Verizon divulgar seu balanço trimestral. A Verizon opera a líder do setor, a Verizon Wireless, em pareceria com a Vodafone.

No primeiro trimestre, a Verizon Wireless começou a vender o iPhone, encerrando mais de três anos de exclusividade das vendas do aparelho pela AT&T no mercado norte-americano.

Embora seja esperado que a Verizon tenha obtido três vezes mais assinantes do que a AT&T no trimestre como resultado disso, a AT&T se saiu melhor que o esperado.

O lucro líquido da AT&T recuou para 3,59 bilhões de dólares, ou 0,60 dólar por ação, contra 4 bilhões de dólares, ou 0,67 dólar, por ação um ano antes. Analistas esperavam lucro de 0,59 dólar por ação, segundo a Thomson Reuters I/B/E/S.

Excluindo uma transação com a Telmex no mesmo trimestre do ano passado, o lucro teria sido estável, disse a AT&T.

A receita cresceu 2,2 por cento para 31,5 bilhões de dólares, frente a expectativas de Wall Street de 31,3 bilhões de dólares, segundo a Thomson Reuters I/B/E/S.