Receita da Portugal Telecom recua no 2o tri por recessão

segunda-feira, 25 de julho de 2011 07:36 BRT
 

LISBOA (Reuters) - A Portugal Telecom apurou uma queda de 6,5 por cento na receita do segundo trimestre, sem considerar as operações no Brasil, refletindo a recessão econômica em seu mercado doméstico, conforme dados preliminares divulgados nesta segunda-feira.

A companhia portuguesa, uma das principais acionistas da Oi no Brasil, informou que a receita recuou para 872,6 milhões de euros (1,3 bilhão de dólares) no período, enquanto em seu mercado doméstico isoladamente a queda foi de 7,5 por cento, para 738,5 milhões de euros.

Já o Ebitda (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) recuou 5,3 por cento, para 350,7 milhões de euros, incluindo as unidades em Portugal, África e Macau.

Os resultados trimestrais consolidados da empresa, incluindo dados da Oi, serão divulgados em 31 de agosto. A companhia brasileira responde por cerca de 46 por cento da receita total da Portugal Telecom, segundo analistas.

Portugal entrou em recessão técnica no primeiro trimestre, sendo que o governo espera uma contração da economia de 2,3 por cento este ano, enquanto implementa medidas de austeridade mais severas, nos termos do pacote de resgate de 78 bilhões de euros da União Europeia e do Fundo Monetário Internacional (FMI).