Lenovo obtém aval da UE para compra de varejista de eletrônicos

terça-feira, 26 de julho de 2011 12:06 BRT
 

BRUXELAS (Reuters) - A fabricante chinesa de computadores Lenovo obteve nesta terça-feira aprovação da União Européia (UE) para compra da varejista alemã de produtos eletrônicos Medion, reforçando sua presença na Europa.

A aquisição, que avalia a Medion em até 900 milhões de dólares, é a maior feita pela Lenovo desde a compra dos negócios de PCs da IBM há seis anos. Combinadas, as companhias terão uma participação de 7,5 por cento no mercado de PCs da Europa Ocidental.

A Comissão Europeia informou em um comunicado que o acordo não vai impedir a concorrência. "A avaliação da Comissão revelou que a combinação das participações de mercado da Lenovo e da Medion é moderada e que um número de concorrentes permanecerá ativo para estes produtos", informou a instituição.