Receita e lucro da Amazon superam expectativas

terça-feira, 26 de julho de 2011 19:33 BRT
 

Por Alistair Barr

SAN FRANCISCO (Reuters) - A Amazon.com teve um salto na receita trimestral, e afirmou que o faturamento do trimestre atual será melhor do que o esperado.

A maior varejista da Internet se beneficiou do crescimento do comércio eletrônico, mas suas margens continuaram a ser pressionadas pelos custos com distribuição, tecnologia e conteúdo digital.

No entanto, a reação do mercado refletiu mais o crescimento das vendas do que o lucro da empresa.

"Se você olhar para o crescimento de vendas de produtos top de linha, vê que ele foi extremamente forte", disse Dan Geiman, analista da McAdams Wright Ragen. "Nesse ponto, a questão é por quanto tempo a companhia vai continuar a investir nos níveis atuais. Presumindo que os investimentos não continuem para sempre, os lucros devem crescer futuramente".

A Amazon.com registrou um salto de 51 por cento na receita para 9,91 bilhões de dólares, ultrapassando as expectativas de Wall Street de 9,4 bilhões de dólares.

A margem operacional cedeu de 4,1 por cento, no mesmo período do ano passado, para 2 por cento no trimestre.

A Amazon previu vendas de 10,3 bilhões a 11,1 bilhões de dólares para o terceiro trimestre, comparada à previsão média de analistas de 10,35 bilhões de dólares, segundo a Thomson Reuters I/B/E/S.

Os papéis da companhia, que subiram cerca de 18 por cento desde o início de 2011, tiveram valorização de 6,3 por cento em negociações após o fechamento do mercado --o chamado after-market.

O lucro líquido no segundo trimestre foi de 191 milhões de dólares, ou 0,41 dólar por ação, contra 207 milhões de dólares, ou 0,45 dólar por ação, no mesmo período um ano antes. Analistas esperavam 0,35 dólar por ação no segundo trimestre, segundo a Thomson Reuters I/B/E/S.