Lucro da Telefónica cai no 1o semestre

quinta-feira, 28 de julho de 2011 08:42 BRT
 

Por Elisabeth O'Leary

MADRI, 28 de julho (Reuters) - A Telefónica, maior companhia de telecomunicações da zona do euro, divulgou nesta quinta-feira uma queda no lucro do primeiro semestre, atingida por problemas econômicos na Espanha e fraqueza em alguns países que vinham impulsionando o crescimento da empresa em trimestres anteriores.

Enquanto um lucrativo crescimento do mercado de celulares inteligentes incentivou expansão no Brasil, analistas citaram performance fraca particularmente no México, onde receita e lucro operacional sofreram forte queda. Enquanto isso, a operação no Reino Unido viu recuo na receita por usuário.

O lucro líquido do primeiro semestre caiu 16,3 por cento, em linha com estimativa de analistas, para 3,16 bilhões de euros (4,5 bilhões de dólares).

A receita do grupo subiu 6,3 por cento, abaixo do esperado pelo mercado. Na Espanha, o faturamento recuou 6,1 por cento enquanto no Brasil, onde a empresa possui o controle da maior operadora celular do país, houve salto de 46 por cento.

O presidente do conselho da Telefónica, Cesar Alierta, previu que o Brasil será em breve principal motor de crescimento de receitas do grupo.

Na quarta-feira, o grupo afirmou que a fusão das operações fixas e móveis no Brasil vai produzir economias adicionais de mais de 1 bilhão de dólares, acima do esperado.

A Telefónica está prestes a cortar cerca de 20 por cento de sua força de trabalho na Espanha por causa do declínio de receitas e uma custosa operação com telefonia fixa.