Cautela pressiona mercado de celulares em 2011, diz Gartner

quinta-feira, 11 de agosto de 2011 12:58 BRT
 

FRANKFURT (Reuters) - Incertezas geradas pela volatilidade dos mercados financeiros globais devem afetar o mercado de celulares e outros dispositivos móveis na segunda metade do ano, à medida que o crescimento das economias da Europa Ocidental perde força, disse a empresa de pesquisas Gartner.

"O mercado na Europa está desacelerando não somente porque algumas importantes empresas europeias, como a Nokia e a Ericsson, estavam mais fortes há um ano, mas também porque as vendas de substituição (de aparelhos) não estão avançando como esperávamos", disse Roberta Cozza, analista senior de pesquisa da Gartner.

"Vamos revisar um pouco para baixo (vendas) na Europa Ocidental, mas vemos compensação vindo dos mercados emergentes", disse Cozza nesta quinta-feira.

O Gartner prevê que as vendas de dispositivos móveis cresçam em torno de 12 por cento neste ano, após alta de 31 por cento em 2010.

"Esperamos que os fabricantes e distribuidores permaneçam cautelosos em aumentar seus níveis de estoques na segunda metade de 2011, após as recentes incertezas dos mercados financeiros mundiais", disse a analista Annette Zimmermann, também da Gartner.

A demanda por smartphones --especialmente o iPhone, da Apple, e aparelhos com o sistema operacional Android, do Google-- permanece forte, e o Gartner espera um crescimento de 50 por cento neste mercado para o ano, comparado com 71 por cento em 2010.