Lucro da Oi cai 13,7% no 2o tri frente a um ano antes

segunda-feira, 15 de agosto de 2011 20:00 BRT
 

Por Sérgio Spagnuolo

SÃO PAULO (Reuters) - A Oi teve um lucro líquido de 354 milhões de reais no segundo trimestre, queda de 13,7 por cento na comparação com o mesmo período de 2010, informou a companhia nesta segunda-feira.

O resultado, contudo, ficou acima da média das estimativas de seis analistas consultados pela Reuters, que previa um lucro líquido de 320 milhões de reais.

Alex Zornig, diretor financeiro da companhia, ressaltou que apesar da queda na comparação anual, o resultado foi muito positivo frente ao prejuízo de 395 milhões de reais do primeiro trimestre de 2011, por conta principalmente da rentabilização da base de clientes, melhorias operacionais e queda nas despesas financeiras.

A receita líquida ficou em 7,07 bilhões de reais, em linha com a média da estimativa de analistas de 7,1 bilhões de reais, mas caindo 4 por cento na comparação anual, principalmente devido à transição de serviços de linha fixa por ofertas de maior valor agregado.

"O uso do telefone fixo foi caindo mês a mês, e tivemos que substituir essa receita (da telefonia fixa) pela do móvel e banda larga", disse Zornig em teleconferência com analistas, acrescentando que essa transição "leva tempo".

"Temos vários planos adotados a partir de abril... onde o objetivo é que reverta ou diminua a oferta da voz fixa", acrescentou.

O total investido no período foi de 1,04 bilhão de reais, parte do plano de investimentos da companhia para 2011. "Pretendemos manter nosso target de 5 bilhões de reais de Capex (investimentos) pra o ano, focando na banda larga... e aumentando nossa cobertura de 3G", disse o executivo.

A geração de caixa medida pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) somou 2,476 bilhões de reais de abril a junho, caindo 7,9 por cento frente a um ano antes.   Continuação...