Jogos gratuitos elevam receita do setor de videogames

segunda-feira, 22 de agosto de 2011 11:22 BRT
 

Por Michelle Martin

COLÔNIA, Alemanha (Reuters) - O aumento do número de pessoas que jogam videogames gratuitos passou a oferecer ao setor uma fonte adicional de receita: os milhões de dólares que usuários gastam em produtos virtuais e opcionais.

Os jogos gratuitos, no passado vistos como uma praga pelo setor de videogames, agora estão se provando lucrativos para os produtores, que conseguem convencer usuários a pagar por roupas ou ferramentas virtuais que melhoram a experiência de jogo.

De acordo com uma pesquisa da associação de videogames alemã Bitkom, no começo deste mês, 45 por cento dos usuários alemães optavam por jogar apenas versões gratuitas.

Matthias Helmund, diretor de desenvolvimento de produtos móveis na Exozet, uma produtora alemã de jogos, disse que o público-alvo dos jogos de 70 dólares para consoles de videogame estava se reduzindo gradualmente, à medida que os usuários se acostumam a jogos gratuitos ou que custam 0,99 dólar no iPad, da Apple.

"Mas as pessoas não necessariamente gastam menos, porque os fãs podem se dispor a gastar centenas de libras com uma experiência de jogo que realmente os agrade --e com isso alguns terminam gastando mais do que seria o caso se tivessem comprado um jogo caro," disse Helmund à Reuters na Gamescon, maior feira de videogames da Europa.

A Bitkom constatou que 43 por cento dos usuários alemães gastam dinheiro em jogos que requerem pagamento antes que possam ser jogados, com gasto médio mensal de 15 euros.

Mas alguns jogadores de títulos gratuitos gastam quantias muito maiores em uma única transação --até 1,5 mil euros (2,11 mil dólares) por uma espada rara ou armadura especial, em certos casos--, disse Christian Funk, analista na companhia russa de segurança em computação Kapersky Lab.

Funk monitorou o eBay, um dos principais canais de vendas de produtos virtuais, por 14 dias, em junho, e encontrou mais de 3.641 itens virtuais à venda para o jogo "World of Warcraft," da Activision Blizzard, negociados ao preço médio de 132,33 euros (186,40 dólares).