RIM lança serviço de música que permite troca de arquivos

quinta-feira, 25 de agosto de 2011 11:54 BRT
 

Por Alastair Sharp

TORONTO (Reuters) - A Research in Motion quer aproveitar a popularidade do BlackBerry Messenger por meio de um novo serviço de música que permite aos usuários compartilhar arquivos com outros assinantes, um recurso que a líder iTunes, da Apple, não oferece.

O diferencial pode permitir que o serviço BBM Music concorra com a iTunes e outras marcas estabelecidas sem ter de enfrentá-las diretamente.

A RIM, que confirmou o lançamento nesta quinta-feira, vem enfrentando dificuldades para superar a popularidade do iPhone e do iPad e de aparelhos acionados pelo sistema operacional Android. Isso acontece, em parte, porque as plataformas rivais oferecem mais recursos de música, jogos e conteúdo aos usuários.

Para a RIM, cuja força sempre esteve no mercado de comunicação empresarial, o novo serviço é parte de uma reinvenção do BlackBerry como ferramenta de entretenimento.

A empresa espera que o serviço de música interesse aos milhões de usuários que conversam por meio do BlackBerry Messenger, ou BBM, ainda que analistas não estejam seguros de que o serviço possa ter grande impacto, especialmente em mercados de conteúdo saturados, como o norte-americano.

Por uma assinatura mensal de 4,99 dólares, o usuário do BlackBerry poderá selecionar até 50 músicas para adicionar ao seu perfil na BBM Music, de um acervo com cerca de 10 milhões de faixas.

Os usuários poderão compartilhar os arquivos com amigos também assinantes, e terão acesso às músicas dos amigos. Quanto mais amigos uma pessoa tiver no serviço, maior o número de arquivos disponíveis.

O BBM, oferecido de forma gratuita apenas no BlackBerry, tem cerca de 45 milhões de usuários. O serviço permite o envio de mensagens de texto, imagens e outros arquivos sem custo.