Brasil é 5o maior em pirataria de software na Web, diz estudo

quinta-feira, 25 de agosto de 2011 16:52 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - Em meio à expansão dos acessos rápidos à Internet no país, o Brasil amargou o quinto lugar de um ranking global de pirataria de softwares online durante o primeiro semestre do ano, apontou um levantamento da Business Software Alliance (BSA).

Com quase 97 mil downloads não licenciados de softwares registrados de janeiro a junho, o Brasil perde apenas para Estados Unidos, Itália, França e Espanha na lista, que leva em conta redes de compartilhamento de arquivos, redes sociais, sites de leilão e outros canais.

O estudo, que começou a ser realizado no segundo trimestre do ano passado (não oferecendo base de comparação com o primeiro semestre de 2010), mostra uma diminuição da pirataria no Brasil em relação à segunda metade do ano passado, quando foram apuradas 139 mil infrações.

Apesar de ter havido uma queda nominal nos níveis de pirataria online apurados, o levantamento afirma que ocorrem muito mais infrações do que as registradas, já que muitos infratores hospedam sites de compartilhamento e de leilões fora do país.

"Os países acima do Brasil no ranking têm mais sites de leilões e compartilhamento. E existe muito mais comércio online nesses países do que aqui", afirmou à Reuters o presidente da BSA no Brasil, Frank Caramuru.

No ano passado, o prejuízo aos fabricantes de software causado pela pirataria em geral no Brasil foi de 2,62 bilhões de dólares, contra 2,25 bilhões de dólares em 2009, de acordo com estudo da própria BSA divulgado em maio.

(Por Priscila Jordão)