Barnes & Noble prevê fortes vendas para seu leitor eletrônico

terça-feira, 30 de agosto de 2011 17:46 BRT
 

Por Phil Wahba

NOVA YORK (Reuters) - A rede de livrarias Barnes & Noble previu que as vendas de seu leitor eletrônico Nook e de seus livros digitais irão mais que dobrar neste ano fiscal, alcançando 1,8 bilhões de dólares.

A companhia também afirmou que suas vendas de livros devem crescer com o fracasso da rival Borders, o que fez suas ações saltarem 14,8 por cento por cento nesta terça-feira.

A maior rede de livrarias dos EUA, que apostou no sucesso do Nook para seu futuro, divulgou uma perda trimestral menor nesta terça-feira, conforme a popularidade do Nook ajudou a mitigar a queda nas vendas de livros.

As vendas dos aparelhos com a marca Nook subiram 140 por cento, para 277 milhões de dólares no trimestre, representando quase 20 por cento das vendas totais da empresa.

O presidente-executivo William Lynch disse a analistas em teleconferência que a livraria detém de 26 a 27 por cento do mercado de livros eletrônicos, mesma participação de mercado que ele disse ter no trimestre passado.

Em vendas, o Nook é o segundo maior leitor eletrônico após o Kindle, da Amazon. Ele também compete com o iPad, tablet da Apple.

No trimestre, a Barnes & Noble apurou prejuízo de 56,6 milhões de dólares, ou 0,99 dólar por ação, frente à perda de 62,5 milhões de dólares, ou 1,12 dólar por ação, um ano antes.