Sony define para novembro lançamento de headset 3D no Japão

quarta-feira, 31 de agosto de 2011 15:14 BRT
 

Por Natalia Konstantinovskaya

TÓQUIO (Reuters) - O Homem-Aranha salta do topo de um edifício e usa suas teias para ir em sua direção, passando tão perto de você que é quase possível tocá-lo --no trabalho, no trem, no carro, onde quer que você esteja.

A Sony anunciou na quarta-feira que seu novo aparelho 3D oferece uma experiência cinematográfica que pode ser desfrutada em qualquer lugar, com uma tela montada em headset que permite aos usuários assistir a vídeos e jogar videogame.

O headseat esguio e de aparência futurista, de largura não muito maior do que a de um óculos de sol, cobre o rosto dos olhos aos ouvidos, em uma armação que incorpora fones e pesa 420 gramas.

Imagens claras e vívidas são obtidas com ajuda de duas pequenas telas de diodo emissor de luz orgânica (OLED, na silga em inglês) localizadas no interior da armação, o que cria um senso de imersão profunda.

"A parte mais difícil para nós era produzir o menor aparelho possível mantendo a alta definição, e tivemos sucesso", disse Shigeru Kato, vice-presidente da Sony.

"As pessoas gostam de ver seus filmes favoritos ou jogar videogame sozinhas, sem incomodar os demais membros da família", acrescentou.

O headset também pode ser usado para assistir a vídeos, ouvir música e jogar videogames se conectado a um console de videogames ou aparelho Blu-ray.

"Antes, assistir a um filme em tela grande era o passatempo da família toda mas agora existe demanda crescente de pessoas que desejam curtir seus vídeos em tela grande sozinhas", disse Kato.

Mas esse prazer tem seu custo. O HMZ Personal 3D Viewer --que chegará às lojas do Japão em 11 de novembro-- custará cerca de 60 mil ienes (780 dólares).

 
Modelo exibe o "Personnal 3D Viewer HMZ-T1" da Sony em Tóquio, no Japão. 31/08/2011 REUTERS/Issei Kato