Nintendo encara final de uma era depois de fraqueza do 3DS

terça-feira, 13 de setembro de 2011 12:28 BRT
 

Por Isabel Reynolds

TÓQUIO (Reuters) - A tentativa de resgate da Nintendo do portátil 3DS não restaurou o ânimo do mercado, resultando em queda de 5 por cento nas ações da empresa e em séria preocupação de investidores sobre a companhia que tenta reconquistar usuários.

Na terça-feira, o presidente da Nintendo, Satoru Iwata, lançou uma linha de videogames que descreveu como sem precedentes para atrair todos os tipos de consumidores e também um novo acessório: um slidepad de 1,5 mil ienes (19 dólares) que será necessário para alguns jogos.

Mas os analistas e investidores consideraram que os novos jogos são pouco atraentes e em geral irrelevantes diante dos títulos baratos ou gratuitos para o aparelhos como o iPhone e iPad, da Apple, e para os celulares inteligentes equipados com o sistema operacional Google Android.

A Nintendo foi criticada por aderir com rigidez excessiva ao próprio hardware, o que significa que não tem acesso à nova geração de aparelhos móveis.

"Não acredito que os jogos novos farão diferença", disse Mitsushige Akino, diretor geral de fundos da Ichiyoshi Investment. "A Nintendo conquistou o sucesso atraindo pessoas que não eram adeptas dos videogames, e agora que a empresa já não atende as necessidades desse grupo, ele está sendo ocupado por jogos para celulares."

As ações da Nintendo fecharam em baixa de cinco por cento nesta terça-feira, em um mercado forte. Elas mostram queda de quase 50 por cento no ano, por efeito do fracasso do 3DS e das dúvidas de que a companhia conseguirá repetir o sucesso do Wii com a nova geração do console, o WiiU, anunciado em junho.

A Nintendo foi forçada a anunciar cortes de preços de até 40 por cento em julho para tentar estimular a demanda morna pelo 3DS, uma versão 3D do DS que não precisa de óculos especiais. Mas a estratégia só serviu para elevar as vendas temporariamente.

Em julho, a empresa reduziu sua projeção de desempenho para o ano fiscal que se encerra em março aos valores mais baixos em 27 anos, e se preparou para prejuízos causados pelo 3DS e pela força do iene.   Continuação...