TIM fará oferta de cerca de R$2 bi em ações

quinta-feira, 15 de setembro de 2011 09:13 BRT
 

SÃO PAULO, 15 de setembro (Reuters) - A operadora de telecomunicações TIM anunciou nesta quinta-feira que fará uma oferta pública de ações que pode movimentar cerca de 2 bilhões de reais, considerando o preço de fechamento da ação na véspera.

A oferta acontece depois que TIM comprou ativos de telecomunicações da AES no Brasil, Atimus, por 1,6 bilhão de reais em julho.

A companhia ofertará 190.796.858 ações ordinárias, com esforços de venda no exterior. Com isso, considerando o preço de fechamento da ação da TIM na quarta-feira, de 9,04 reais, a operação poderá levantar cerca de 1,72 bilhão de reais.

Em comunicado, a Telecom Italia afirmou que vai subscrever 66,94 por cento da oferta de sua controlada no Brasil. Segundo os termos da oferta, os atuais acionistas da TIM poderão comprar os papéis na proporção de suas participações na operadora.

A operação prevê ainda lote adicional de 15 por cento das ações ofertadas, ou 9.461.510 papéis.

O anúncio da oferta ocorre depois que a própria TIM negou no início do mês que sua controladora planejava vender "qualquer parcela de sua participação direta na TIM Brasil ou indireta na companhia e nem mesmo trabalha com uma hipótese do gênero". Isso acabou abrindo espaço no mercado para rumores de que a empresa poderia fazer uma emissão primária de ações.

O período de reserva aos investidores interessados na oferta vai de 22 de setembro a 3 de outubro. A fixação do preço das ações ocorre em 4 de outubro e o início de negociação dos papéis acontece em 6 de outubro.

(Por Alberto Alerigi Jr.; reportagem adicional de Stephen Jewkes em Milão)