Anonymous aproveita festividades no México para ciberataque

sexta-feira, 16 de setembro de 2011 15:04 BRT
 

CIDADE DO MÉXICO, 16 de setembro (Reuters) - Enquanto os mexicanos preparavam bandeiras, chapéus e tequila para festejar o aniversário de sua independência na quinta-feira à noite, o grupo Anonymous "entrou" na festa sabotando algumas páginas do governo na Internet.

O grupo assumiu responsabilidade por tirar do ar a página da Secretaria de Defesa Nacional (Sedena) e manipular a rede do Congresso do Estado de Nayarit, assim como um "site" do governo estatal de San Luis Potosí.

"Cada vez o país está mais assustado com a violência e a falta de segurança", disse o grupo por meio de um vídeo no YouTube em que explica os motivos dos ciberataques.

"Vimos como o povo mexicano vive amedrontado por culpa de um governo que não quis escutar a voz de sua gente, que está farta do sangue e da violência", acrescentou.

Mais de 42 mil pessoas foram mortas no México em episódios de violência relacionados ao narcotráfico desde o fim de 2006, quando o presidente Felipe Calderón lançou uma campanha militar frontal contra os cartéis de droga.

Por meio da tag #OpIndependencia (operação independência), o grupo coordenou por meio do Twitter o ataque com mensagens como "começa a #OpIndependencia - fogo agora! Haverá vários alvos ao longo do dia".

Em comunicado, a Sedena afirmou que a falha no site era por "questões técnicas", sem fazer referência ao ataque.

(Por Armando Tovar)