BNDES aprova empréstimo de R$3 bilhões para Vivo

terça-feira, 20 de setembro de 2011 10:41 BRT
 

SÃO PAULO, 20 de setembro (Reuters) - O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico de Social (BNDES) aprovou nesta terça-feira empréstimo de 3 bilhões de reais para a Vivo, que foi incorporada à Telesp.

Os recursos serão destinados à expansão e melhoria da rede atual da companhia e implantação de infraestrutura para novas tecnologias entre 2011 e 2013, além de pesquisa e desenvolvimento, afirmou o banco de fomento em nota.

De acordo com o comunicado, a maior parte dos recursos será destinada ao plano de expansão de cobertura 3G e ampliação da capacidade das redes 2G e 3G. A companhia tem como meta disponibilizar acesso móvel à Internet de terceira geração a mais de 85 por cento da população brasileira até dezembro de 2011.

"O aumento de capacidade permitirá o escoamento da demanda crescente de tráfego de voz e dados, evitando congestionamentos na rede", acrescentou o BNDES.

O montante será utilizado também para ampliação da rede da Vivo, reduzindo a dependência de redes de outras operadoras.

O plano de investimentos prevê ainda a construção de um centro de Tecnologia da Informação em Tamboré (SP), que será ocupado pela Vivo e pela Telesp. O início da operação está previsto para o primeiro semestre de 2012.

A incorporação da Vivo pela Telesp foi aprovada em 13 de setembro.

(Por Vivian Pereira)