Google acredita em que será inocentado de acusações

quarta-feira, 21 de setembro de 2011 15:38 BRT
 

WASHINGTON (Reuters) - O Google acredita que os órgãos regulatórios dos Estados Unidos vão absolvê-lo da acusação de más práticas, dirá nesta quarta-feira o presidente de conselho, Eric Schmidt, em um painel no Congresso.

O Google enfrenta fortes acusações de usar o seu poderio no mercado de motores de busca para abafar os concorrentes, já que acaba entrando em outros segmentos, como viagens. A Federal Trade Comission analisa essa e outras acusações, como a de que o Google manipula as buscas para dar preferência aos próprios produtos.

"Tendo em vista que nenhuma companhia pediria uma investigação ao governo, acreditamos que nossas práticas de mercado terão aprovação", afirmou Schmidt em testemunho escrito submetido ao painel antitruste do Comitê Judiciário do Senado.

Representantes de outras companhias, como Expedia, Yelp e Nextag, falarão depois de Schmidt na audiência.

O Google controla mais de dois terços do mercado de motores de busca, mas Schmidt argumentará que sites especializados em determinadas áreas, como turismo e restaurantes, são forte concorrência para ele.

(Por Diane Bartz)