Samsung inicia nova linha de chips de memória flash

quinta-feira, 22 de setembro de 2011 11:20 BRT
 

Por Miyoung Kim

SEUL (Reuters) - A Samsung Electronics anunciou ter iniciado produção em massa de uma nova linha de chips de 10 bilhões de dólares, em um esforço para elevar sua participação no crescente mercado de chips de memória flash que vem se beneficiando do crescimento robusto da demanda por produtos móveis.

A nova linha de produção da Samsung, sua primeira em cerca de cinco anos, ajudará a empresa a reduzir acentuadamente o custo de seus chips e pode exacerbar o excesso de oferta no mercado, sufocando rivais menores.

Apple e Sony, que ingressou no movimentado mercado de tablets no mês passado, com dois novos aparelhos, compram chips de memória flash da Samsung.

A nova fábrica, com custo/benefício altamente positivo, dificultará a busca de novos fornecedores pelos grandes clientes da empresa.

A Apple, maior cliente da Samsung, está envolvida em uma série de disputas judiciais sobre patentes com a companhia sul-coreana, e quer reduzir seu volume de compras de produtos da rival.

"A nova linha não terá efeito imediato na ponta da oferta, porque elevar a produção ao seu limite mais alto demorará cerca de nove meses, mas mostra que a Samsung está tentando conquistar mais participação no mercado de chips flash", disse Song Myung-sup, analista da HI Investment & Securities.

A Samsung, maior companhia mundial de tecnologia pela critério de faturamento, anunciou nesta quinta-feira que a nova linha era a maior e mais avançada unidade de produção do setor, produzindo chips com tecnologia de processamento da categoria 20 nanômetros.

Capacidade de processamento em tamanhos menores permite que mais circuitos sejam impressos em cada chip, o que os torna menores, mais baratos, mais poderosos e mais eficientes no uso de energia.

A linha produzirá principalmente chips de memória flash NAND, amplamente utilizados em aparelhos móveis tais como celulares inteligentes, players digitais de música e tablets.