Ações da RIM sobem por possível participação do investidor Icahn

terça-feira, 27 de setembro de 2011 17:06 BRT
 

TORONTO (Reuters) - As ações da Research In Motion (RIM) subiram mais de 6 por cento nesta terça-feira, por conta das especulações de mercado de que o investidor Carl Icahn teria obtido participação na fabricante do Blackberry.

Operadores "estão dizendo que Icahn teria obtido participação, mas nada foi confirmado", disse à Reuters, o analista de tecnologia do BGC Partners, Colin Gillis. As ações da empresa canadense negociadas na Nasdaq subiam 7,47 porcento, a 23,3 dólares, às 14h55 (horário de Brasília).

No escritório de Icahn e na RIM não havia ninguém disponível para comentar o assunto.

A RIM já dominou a indústria de smartphones com seu negócio de aparelhos voltados para o mercado empresarial, mas têm lutado à medida que o iPhone, da Apple, e os aparelhos com software Android, do Google, estão ganhando participação de mercado, particularmente nos Estados Unidos.