Fabricação do tablet da Amazon custa US$209,63, diz consultoria

sexta-feira, 30 de setembro de 2011 17:28 BRT
 

SAN FRANCISCO (Reuters) - Os custos de fabricação do novo tablet da Amazon.com serão de 209,63 dólares, afirmou a consultoria IHS iSuppli nesta sexta-feira, mostrando como a gigante do comércio eletrônico está tendo um prejuízo financeiro inicial para fazer com que o aparelho chegue ao maior número possível de consumidores.

O presidente-executivo da Amazon, Jeff Bezos, divulgou o Kindle Fire na quarta-feira com um preço menor que o esperado, de 199 dólares.

O lançamento motivou preocupações sobre uma guerra de preços no mercado de tablets de baixo custo, atualmente dominado por aparelhos que rodam o sistema operacional Android, do Google, de empresas como Samsung, Motorola Mobility e HTC.

A IHS iSuppli disse que os componentes empregados na fabricação do Kindle Fire custam 191,65 dólares. Despesas de fabricação adicionais levam o custo total para 209,63 dólares.

De acordo com as estimativas da IHS iSuppli, a companhia pode perder pouco menos de 10 dólares em cada Fire vendido. Mas a Amazon está esperando que o aparelho estimule usuários a comprar mais produtos e serviços da empresa, compensando o prejuízo inicial.

"O real benefício do Kindle Fire para Amazon não será nas vendas de hardware ou conteúdos digitais. Em vez disso, o Kindle Fire, e toda a demanda por conteúdo que ele estimula, servirá para promover as vendas de todos os tipos de bens físicos que compreendem a maioria dos negócios do Amazon", disse a IHS iSuppli em comunicado.

(Reportagem de Alistair Barr)