Apple recusa proposta da Samsung para acordo na Austrália

terça-feira, 4 de outubro de 2011 07:50 BRT
 

SYDNEY (Reuters) - A Apple rejeitou uma proposta da Samsung Electronics para pôr fim à batalha que ambas travaram na Austrália envolvendo seus tablets, o que possivelmente acabará com a viabilidade comercial do novo Galaxy da fabricante sul-coreana.

A Apple alega que a linha Galaxy copia o iPhone e o iPad "descaradamente" e deu início a uma batalha judicial internacional que deve prejudicar o crescimento de um dos negócios da Samsung que mais cresce.

A Samsung, cujo Galaxy é visto como uma grande ameaça aos aparelhos da Apple, nega as acusações, mas vem tentando um rápido acordo na Austrália para que o Galaxy 10.1 seja lançado naquele país antes do Natal.

No entanto, um advogado da Apple disse à Corte Federal em Sidney nesta terça-feira que a última proposta da Samsung, feita na semana passada, não forneceu base para um acordo.

"A grande razão de estarmos aqui é evitar o lançamento (do Galaxy) e manter o 'status quo' (estado atual)", afirmou o advogado da Apple, Steven Burley.

Uma vitória da Apple na Austrália prejudicaria a tentativa da Samsung de diminuir a diferença em relação à Apple no mercado internacional de tablets. Uma esperada decisão da Justiça norte-americana deve sair na semana que vem.

(Por Narayanan Somasundaram e Amy Pyett)