HTC cresce em ritmo menor, mas pode encurtar distância da Apple

quinta-feira, 6 de outubro de 2011 09:12 BRT
 

TAIPÉ, 6 de outubro (Reutes) - A taiwanesa HTC apurou uma alta de 68 por cento no lucro líquido do terceiro trimestre, crescimento bem abaixo do visto nos trimestres anteriores, mas dentro das expectativas, em meio à demanda ainda forte apesar do esfriamento da economia global.

A quinta maior fabricante mundial de celulares pode manter o ritmo de crescimento ou até mesmo aumentar sua participação de mercado, segundo analistas, após a nova versão do iPhone não ter agradado fãs, e a Apple ter perdido seu cofundador e ex-presidente-executivo, Steve Jobs, que morreu na quarta-feira.

"Concorrentes como a HTC podem se beneficiar por a Apple não ter atendido as expectativas do mercado", disse o analista Aaron Jeng, da Nomura Securities.

A HTC teve lucro de 18,64 bilhões de dólares taiwaneses (608,55 milhões de dólares) no terceiro trimestre, contra 11,1 bilhões de dólares taiwaneses um ano antes e 17,52 bilhões de dólares taiwaneses no trimestre anterior.

(Por Clare Jim)