Astronauta presta tributo a "visionário" Steve Jobs

quinta-feira, 6 de outubro de 2011 16:09 BRT
 

CABO CANAVERAL, Flórida (Reuters) - A notícia da morte do líder da Apple, Steve Jobs, chegou à Estação Espacial Internacional, onde um trio de astronautas vive e trabalha --ouvindo músicas em iPods.

"Toda geração tem grandes pensadores e pessoas que têm a visão do que pode existir, e possuem a energia, a habilidade a a genialidade para fazê-lo acontecer", afirmou o comandante espacial Mike Fossum durante uma entrevista na quinta-feira.

"Steve Jobs é, definitivamente, um indivíduo raro e o mundo vai sentir muito a sua falta", disse Fossum da estação de pesquisa que orbita a Terra 360 quilômetros acima da superfície.

Jobs morreu aos 56 anos na quarta-feira após uma longa batalha contra um raro tipo de câncer pancreático. Ele havia renunciado da presidência-executiva da Apple em agosto.

(Reportagem de Irene Klotz)