Apesar de decepção com 4S, iPhone continuará a liderar vendas

sexta-feira, 7 de outubro de 2011 11:37 BRT
 

Por Sinead Carew e Poornima Gupta

NOVA YORK/SAN FRANCISCO (Reuters) - O iPhone 4S não foi exatamente o melhor momento da Apple. Mas, provavelmente, o smartphone continuará a superar a concorrência na temporada de festas deste ano.

E as pessoas que desejam celebrar o legado de Steve Jobs, o lendário co-fundador da empresa que morreu na quarta-feira, podem fazê-lo adquirindo o último iPhone a ser lançado enquanto ele ainda era vivo.

O mais recente celular inteligente da Apple chegou com baixo impacto na terça-feira, incomodando os fãs que aguardavam um novo design revolucionário após uma espera superior a 15 meses.

Mas analistas de Wall Street continuam prevendo que as melhorias no software --e alguns dos novos recursos-- do novo aparelho permitirão que a Apple mantenha a liderança diante do crescente número de concorrentes.

Na quarta-feira, com a morte de Jobs, os fãs imediatamente deixaram de se queixar da Apple na Internet e passaram a celebrar a vida e o trabalho do ex-presidente-executivo da empresa.

A Apple passou a ocupar os holofotes um dia antes da data oficial para o início das encomendas do novo aparelho, em 7 de outubro, e poucas semanas antes da sua mais importante temporada de festas nos últimos anos.

As circunstâncias podem resultar em aumento de vendas, mas é difícil prever a dimensão desse ganho.

"O tráfego nas lojas crescerá, e haverá compras por motivos sentimentais," disse Bill Choi, analista da Janney Montgomery.   Continuação...