Estudante de design admite que não inventou logo com Jobs

segunda-feira, 10 de outubro de 2011 14:42 BRT
 

HONG KONG (Reuters) - Uma homenagem feita por um estudante de design de Hong Kong a Steve Jobs e que atraiu atenção na Internet depois da morte do co-fundador da Apple na semana passada não é original, admitiu o adolescente nesta segunda-feira.

Jonathan Mak, de 19 anos, disse que não foi o primeiro a criar um design que mostra a silhueta de Jobs dentro da mordida do logo da Apple. Ele se manifestou depois que comentários surgiram no Twitter alegando que um designer na Grã-Bretanha, conhecido como Raid71 na Internet, havia criado o desenho original em maio.

O design publicado por Mak na Internet foi difundido rapidamente no ciberespaço na quinta-feira, pouco depois do falecimento de Jobs.

O desenho foi postado por centenas de milhares de pessoas nas redes sociais, e bonés e camisetas foram vendidas no eBay com a marca. O logo foi usado até pelo ator Ashton Kutcher como sua foto de perfil no Twitter.

Mak, um estudante da Escola de Design da Universidade Politécnica de Hong Kong, reconheceu que não era o criador original do design, mas disse que não era um "roubo" do designer britânico.

"Eu ainda cheguei à solução por conta própria, e minha consciência ainda está limpa, mas eu estarei mais do que contente em reconhecer que de fato alguém fez (o design) antes de mim", disse Mak a Reuters.

Assim como o design de Mak, o designer britânico coloca a silhueta de Jobs na mordida do logo da Apple. Mas as dimensões e as proporções daquele design é diferente do logo de Mak.

Jobs, que criou produtos revolucionários e transformou a forma com que o mundo se relaciona computação e as comunicações pessoais, morreu na quarta-feira aos 56 anos.

(Reportagem de Sisi Tang)

 
Estudante de Design de Hong Kong Jonathan Mak posa com o logo mofificado com a silhueta de Steve Jobs, em Hong Kong, na quinta-feira. O design que fez sucesso na Internet depois da morte do co-fundador da Apple na semana passada não é original, admitiu o adolescente nesta segunda-feira.
 06/10/2011   REUTERS/Bobby Yip