Com novos jogos, Activision e EA disputam mercado dos EUA

sexta-feira, 14 de outubro de 2011 17:31 BRT
 

Por Liana B. Baker

NOVA YORK (Reuters) - As duas maiores companhias do setor de videogames dos Estados Unidos estão se preparando para um tiroteio.

Nesta temporada de férias, Activision Blizzard e Electronic Arts vão batalhar pela supremacia no mercado de jogos de tiro em primeira pessoa que gera 5 bilhões de dólares anuais.

Com apenas duas semanas de diferença, as duas empresas lançarão grandes sequências de jogos nos quais jogadores disparam armas da mesma perspectiva dos personagens. A EA lançará o "Battlefield 3" em 25 de outubro; o "Call of Duty: Modern Warfare 3", da Activision, chega às prateleiras das lojas em 08 de novembro.

O jogo de tiro em primeira pessoa se posiciona como o maior segmento do setor, de acordo com a empresa de pesquisas sobre videogames EEDAR.

Como as vendas globais de videogames foram golpeadas nos últimos anos à medida que surgiram jogos mais baratos, a competição entre Activision e EA é vista com excitação por investidores.

"Ele cria uma série de novidades para a indústria. Estes são dois jogos de qualidade muito alta e, quando há conteúdo de alta qualidade, haverá demanda", disse Andre Chan, analista da Neuberger Berman, empresa que possui ações da Activision Blizzard.

Chan disse que as ações de ambas as empresas vão oscilar com a divulgação dos primeiros dados sobre vendas dos jogos, que pode ser jogados em computadores e consoles como o Xbox, da Microsoft, ou o PlayStation, da Sony.