Samsung e Google revelam celular com novo sistema Android

quarta-feira, 19 de outubro de 2011 10:52 BRST
 

Por Lee Chyen Yee e Hyunjoo Jin

HONG KONG/SEUL (Reuters) - A Samsung Electronics apresentou nesta segunda-feira o primeiro celular inteligente acionado pela mais recente versão do sistema operacional Android, do Google, que combina software usado em celulares inteligentes e tablets para ganhar competitividade diante da Apple.

O lançamento mundial do Galaxy Nexus acontecerá em novembro e surge em um período de intensificação da disputa entre Samsung e Apple pelo florescente mercado de tablets e celulares inteligentes.

A Samsung e a Apple apresentaram o novo modelo de última geração em evento realizado em Hong Kong, depois de postergar a data original, na semana passada, como homenagem a Steve Jobs, o co-fundador da Apple, que faleceu no começo do mês. A Apple é a maior compradora de microprocessadores Samsung.

"Esse será nosso produto estratégico para a temporada de festas, diante do iPhone 4S que acaba de chegar ao mercado", disse JK Shin, presidente da divisão de aparelhos móveis da Samsung, em entrevista coletiva, durante o lançamento em Hong Kong.

O evento foi o primeiro lançamento importante da parte do Google desde que a empresa anunciou a aquisição da Motorola Mobility por 12,5 bilhões de dólares, em agosto.

O anúncio gerou preocupação entre os produtores de hardware quanto à possibilidade de que o Google poderia favorecer a Motorola frente a rivais como Samsung, HTC e LG Electronics, que dependem de seu sistema operacional gratuito.

O sistema operacional Android para aparelhos móveis, que já é a plataforma mais usada pelos celulares inteligentes mundiais, aciona 190 milhões de aparelhos, ante 135 milhões na metade de julho.

A mais recente versão do Android, conhecida como Ice Cream Sandwich, foi desenvolvida para combinar as plataformas de celulares inteligentes e tablets, o que poderia atrair mais programadores e consumidores para o campo do Android, que até o momento oferece menos aplicativos ao público do que a Apple.

A Samsung, maior vendedora de celulares Android e principal rival da Apple, disse que o aparelho terá acesso a mais de 300 mil aplicativos e jogos, ante os 425 mil aplicativos disponíveis na App Store, da Apple.