Panasonic deve cortar produção e realizar demissões, diz fonte

quinta-feira, 20 de outubro de 2011 09:21 BRST
 

TÓQUIO (Reuters) - A Panasonic reduzirá a produção de painéis de TV de plasma e cortará milhares de empregos, disse nesta quinta-feira uma fonte à Reuters, em meio às perdas apuradas pela unidade de televisores e à concorrência de outras companhias asiáticas, como a Samsung Electronics.

A Panasonic vai interromper a produção de painéis de plasma em uma unidade em Hyogo até o fim do atual ano fiscal, em março de 2012, segundo a fonte.

A companhia também considera vender uma fábrica de painel de cristal líquido, acrescentou a fonte.

Um porta-voz disse que Panasonic considerava várias opções para o segmento de televisores, mas não tinha nada a anunciar neste momento.

A companhia havia informado em abril que cortaria 17 mil empregos e fecharia dezenas de fábricas nos próximos dois anos para cortar custos e se livrar de unidades deficitárias.

(Por Reiji Murai)